Mercado monitora vírus, mas agenda ganha força

23.01.2020

 
A agenda de indicadores e eventos econômicos, enfim, ganha força nesta quinta-feira e deve movimentar o mercado financeiro, que segue monitorando as notícias sobre o vírus que provoca pneumonia e já matou 17 pessoas na China. No último pregão antes da longa pausa pelas festividades do Ano Novo Lunar, a Bolsa de Xangai fechou em queda de quase 3%, liderando as perdas na Ásia e embutindo um sinal negativo nos ativos de risco no exterior, o que deve contaminar os negócios locais hoje.   

 

A decisão sem precedentes do governo chinês de isolar a cidade de Wuhan, capital da província de Hubei, onde começou o surto da doença, interrompendo o transporte público e cancelando trens e voos alarmou os investidores, que seguem preocupados com o impacto econômico do vírus na China. O varejo e o setor de serviços devem ser prejudicados em meio às celebrações pela chegada do Ano do Rato, sendo que nem se sabe se a doença “vem e passa” ou se é algo mais perigoso. 

 

Ao menos 550 casos já foram confirmados, com o coronavírus se espalhando rapidamente pelo país e atingindo regiões especiais como Hong Kong, Macau e Taiwan. O vírus também foi detectado em outros países asiáticos e já aterrissou em solo americano. A Organização Mundial da Saúde (OMS) reúne-se hoje para decidir se declara situação de emergência de saúde pública de caráter internacional, assim como fez com a gripe suína e o ebola.

 

Com isso, o movimento de busca por proteção em ativos seguros volta a ganhar força no mercado financeiro, impulsionando o iene e o rendimento dos títulos norte-americanos (Treasuries). Nas bolsas, Hong Kong caiu quase 2% e Tóquio perto de 1%, enquanto os índices futuros em Nova York amanheceram em leve baixa, pressionando o pregão europeu. O petróleo recua.  

 

BCE e IPCA-15 em destaque

 

Apesar da preocupação com a epidemia, o mercado financeiro também tem uma agenda importante para acompanhar hoje. Lá fora, as atenções do dia se voltam para a primeira decisão de juros do Banco Central Europeu (BCE) sob o comando da recém-empossada presidente, Christine Lagarde. Mais que a decisão em si, que não deve trazer novidades, merece atenção a entrevista dela, às 10h30, logo após o anúncio de juros (9h45). 

 

Porém, a ex-diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI) deve continuar aproveitando o período de lua de mel com o mercado financeiro. Por ora, a pressão inflacionária recente na zona do euro significa que não há espaço para estímulos adicionais, mas tampouco urgência em apertar os juros tão logo. E o mais provável é que quando a pressão sobre os preços se dissipar, o BCE volte a afrouxar a política monetária.

 

No Brasil, a expectativa fica com a prévia deste mês da inflação oficial ao consumidor brasileiro (9h). O IPCA-15 deve continuar “salgado”, pressionado pelos preços das carnes, mas tende a começar a mostrar os primeiros sinais de alívio, com a taxa mensal desacelerando a 0,65%, após subir mais de 1% em dezembro. Ainda assim, será o número mais alto para meses de janeiro desde 2016.  

 

Já o resultado acumulado em 12 meses deve começar 2020 acima da meta perseguida pelo Banco Central para o ano, indo a 4,30%. Os dados efetivos devem calibrar as expectativas em relação à primeira reunião do BC em 2020, no mês que vem. A curva implícita de juros futuros vê como majoritária a chance de novo corte na taxa básica de juros, de 0,25 ponto, em meio à frustração com o ritmo da atividade e ao cenário ainda benigno da inflação.

 

Ainda na agenda econômica do dia, por aqui, saem diferentes leituras sobre os preços ao consumidor (8h), enquanto na Europa também será conhecida a prévia da confiança do consumidor (12h). Já nos EUA, serão conhecidos os dados semanais sobre os pedidos de seguro-desemprego (10h30) e os estoques de petróleo bruto e derivados (13h), além do índice de indicadores antecedentes em dezembro (12h).

 

Entre os eventos de relevo, prosseguem os debates no Fórum Econômico Mundial, em Davos (Suíça).

 

Please reload

Posts Destacados

Acabou! Acabou!

31.03.2020

1/9
Please reload

Posts Recentes

31.03.2020

19.03.2020

Please reload

Posts Relacionados
Please reload

Inscreva-se 

Receba as principais notícias por e-mail.

 

  • Facebook Long Shadow
  • LinkedIn Long Shadow

Por favor, insira um email válido

© 2015  Olívia Bulla By ImageLab.