Reforma é aprovada, mas governo tem revés


A reforma da Previdência foi aprovada em primeiro turno no Senado, por 56 votos a favor e 19 contra, mas nem por isso o governo saiu vitorioso ontem. A votação impôs uma derrota, ao derrubar o artigo que criava regras mais duras para o abono salarial. Ou seja, não houve base aliada suficiente para manter o texto aprovado na Câmara e o mercado financeiro deve reagir hoje à derrota do Executivo no Congresso, por falta de articulação.

Além disso, os senadores pressionam para votar a proposta em segundo turno e condicionam a conclusão das novas regras para aposentadoria à liberação de emendas parlamentares e ao pacto federativo, que destina mais recursos para estados e municípios. No centro da discussão, está a medida provisória (MP) sobre a cessão onerosa, que se refere à divisão da venda excedente de petróleo do pré-sal, no montante de R$ 106 bilhões.

Para ler a íntegra do texto, acesse A Bula do Mercado no site Seu Dinheiro.

#reforma #Previdencia #Senado #Congresso #Trump #China #guerracomercial #recessao

Posts Destacados
Posts Recentes
Posts Relacionados

Inscreva-se 

Receba as principais notícias por e-mail.

 

Por favor, insira um email válido

  • Facebook Long Shadow
  • LinkedIn Long Shadow

© 2015  Olívia Bulla By ImageLab.