Fed e Previdência animam mercados no fim do mês


Janeiro chega ao fim com sinais mais claros em relação à condução da política monetária nos Estados Unidos, após o Federal Reserve afirmar que será “paciente” antes de decidir qual será o próximo passo em relação à taxa de juros e ao balanço de ativos. Essa sinalização ontem embalou Wall Street e afundou o dólar, mas hoje é o resultado trimestral do Facebook que rouba a cena, após um desempenho acima do esperado.

No Brasil, a decisão do governo Bolsonaro de incluir militares na reforma da Previdência mostra que a proposta a ser apresentada ao Congresso deve ser ampla. Segundo o secretário especial, Rogério Marinho, todos têm de contribuir e ninguém será poupado das novas regras para a aposentadoria, que devem ser mais “duras”. A expectativa é de que a proposta seja aprovada pela Câmara e pelo Senado até meados de julho.

Para ler a íntegra do texto, acesse A Bula do Mercado no site Seu Dinheiro.

*O conteúdo produzido é para veiculação exclusiva no Seu Dinheiro, ficando vedada a sua reprodução por terceiros

#Previdencia #Bolsonaro #PauloGuedes #FederalReserve #Fed #China #Trump #guerracomercial

Posts Destacados
Posts Recentes
Posts Relacionados

Inscreva-se 

Receba as principais notícias por e-mail.

 

Por favor, insira um email válido

  • Facebook Long Shadow
  • LinkedIn Long Shadow

© 2015  Olívia Bulla By ImageLab.