Em meio a incertezas, mercado aposta no otimismo


O mercado financeiro está convencido de que novos cortes nas taxas de juros norte-americana e brasileira serão bem-vindos, pacificando o clima tenso por causa da guerra comercial e dando um impulso adicional à economia doméstica, que segue em ritmo lento. Mas ainda existem dúvidas sobre os efeitos nos ativos de risco do conflito comercial entre Estados Unidos e China, bem como da aprovação da reforma da Previdência.

O fato é que ainda são desconhecidos os impactos, na atividade e na inflação, da disputa tarifária entre as duas maiores economias do mundo. Os sinais de desaceleração econômica global são cada vez mais latentes, mas a percepção de aumento dos custos - às empresas e ao consumidor - ainda não foi confirmada. Ao Federal Reserve, resta a missão de tentar compreender esses efeitos, que ainda são incertos, e agir de modo “apropriado”.

Para ler a íntegra do texto, acesse A Bula do Mercado no site Seu Dinheiro.

#FederalReserve #Fed #FedFunds #Copom #Selic #BC #reformas #Previdencia #Ibovespa #dolar

Posts Destacados
Posts Recentes