Copom se prepara para aterrissar e Brasil, para decolar


O dia seguinte à decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) deve ser agitado no mercado financeiro doméstico. Além de reagir à porta aberta deixada pelo Banco Central para cortes mais modestos na Selic em 2020, antes de encerrar o ciclo de queda, os investidores também digerem a melhora na perspectiva da nota de crédito (rating) soberano do Brasil pela Standard & Poor’s (S&P), para positiva.

Trata-se do cenário perfeito para uma nova corrida rumo a ativos locais mais arriscados, o que tende a beneficiar o Ibovespa, que há três dias vêm andando de lado, mas sempre acima dos 110 mil pontos. Atenção especial deve ser dada às ações de saneamento básico, após a aprovação do texto-base do novo marco regulatório na Câmara. A renda variável brasileira aguardava a decisão do BC e, principalmente, a sinalização dos próximos passos, sendo que novas quedas no juro básico mantêm a renda fixa pouco atrativa.

Para ler a íntegra do texto, acesse A Bula do Mercado no site Seu Dinheiro.

#Copom #Selic #rating #SP #Ibovespa #dolar #guerracomercial #China #Trump

Posts Destacados
Posts Recentes
Posts Relacionados

Inscreva-se 

Receba as principais notícias por e-mail.

 

Por favor, insira um email válido

  • Facebook Long Shadow
  • LinkedIn Long Shadow

© 2015  Olívia Bulla By ImageLab.